Sobrado – Espaço coletivo na Maré

outubro 22, 2009

feijoada do bloco se benze que dá!

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 10:33 pm

Feijoada Se Benze

Anúncios

outubro 5, 2009

Sobrado de Rock

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 8:45 pm

Sobrado de Rock

Sexta Feira

3 Bandas

passarela

RECICLASOM http://www.myspace.com/reciclasom

PARTIDO LEVE http://www.myspace.com/bandapartidoleve

PASSARELA 10 http://www.myspace.com/passarela10

Data: 09/10/2009, sexta-feira

Hora: 20 horas

Local: SOBRADO

Endereço: RUA JOÃO MAGALHÃES, 28, TIMBAU, MARÉ

Como chegar: DESCER NA PASSARELA 7 DA AVENIDA BRASIL. REFERÊNCIA ESCOLA BAHIA, SEGUIR PELA RUA GUILHERME MAXWELL EM DIREÇÃO À CASA DE CULTURA E SUBIR A TERCEIRA ESQUERDA. para conhecer o sobrado https://sobradoinfo.wordpress.com

setembro 20, 2009

ATO PÚBLICO NA MARÉ

Filed under: polícia,política pública,protesto — sobradoinfo @ 8:56 pm

OUTRA MARÉ É POSSÍVEL

PELA VALORIZAÇÃO DA VIDA E O FIM DA VIOLÊNCIA

No domingo, 20 DE SETEMBRO, haverá um ato organizado por moradores, associações, igrejas e organizações de dentro e de fora da Maré. Em um momento em que se tornou impossível conviver com os constantes conflitos, cabe a nós, os moradores da Maré, declarar nosso luto e clamar pela paz. Não agüentamos mais a violência e queremos exigir o fim dos confrontos armados que nos tiram a liberdade e a vida.

Realizar um ato público na Maré significa deixar claro que, nós moradores, não aceitamos que vidas sejam interrompidas, como em junho deste ano, quando dezenas de pessoas foram assassinadas na comunidade, sem contar os feridos. De lá para cá, o número de vítimas só aumenta. A imprensa não noticia. Os governantes ignoram. Quando fazem algo, apenas repetem a ação repressora que costumam utilizar nos espaços populares, gerando mais violência. Entendemos que as ações do Estado não podem ser as mesmas que vêm ocorrendo historicamente nas favelas. Sendo assim, queremos a partir desse ato criar um movimento que luta por outra segurança pública como direito dos moradores da Maré e de todos os espaços populares.

Se para muitos a vida por aqui vale pouco, para nós, moradores, ela é sagrada e deve ser valorizada, sempre. Em memória de todas as vítimas da violência, nos uniremos para defender a vida e pedir a paz nas 16 comunidades da Maré.

NÃO QUEREMOS NOSSAS ESCOLAS VAZIAS!

NÃO QUEREMOS NOSSAS CASAS INVADIDAS!

NÃO QUEREMOS NOSSA COMUNIDADE ÁS ESCURAS!

QUEREMOS NOSSAS CRIANÇAS BRINCANDO NAS RUAS E NAS ESCOLAS!

QUEREMOS A LIBERDADE DE PODER CHEGAR E SAIR DE CASA A QUALQUER HORA!

NÃO QUEREMOS NENHUM TIPO DE VIOLÊNCIA!

NÃO QUEREMOS MAIS CORPOS NO ASFALTO!

QUEREMOS A VIDA DO POVO DA MARÉ RESPEITADA ANTES DE TUDO!

Endereço:Via A1 com rua 14 – Vila do João

Em anexo segue os panlfetos do evento, programação e uma carta explicando a natureza e objetivo do ato.

Participe! Faça Parte dessa luta!

agosto 24, 2009

Palavra Gritada! 20 h

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 9:37 pm

palavra_gritada6 menor

Palavra Gritada!
FESTA NO SOBRADO

POESIA
MÚSICA
PALCO ABERTO
VÍDEO
INTERVENÇÃO
PROTESTO

nos inspiramos na Clarisse Lispector. ela disse: “Por que há o direito ao grito, então eu grito!” nesta festa vamos ler LIVROS coletivamente, divertindo as leituras, encontrando a potência sensível e política das palavras. leve músicas e vídeos no seu PENDRIVE. leve livros para DOAR para a BIBLIOTECA. leve AMIGOS.

Data: 28/08/2009, sexta-feira
Hora: 20 horas

Local: SOBRADO
Endereço: RUA JOÃO MAGALHÃES, 28, TIMBAU, MARÉ
Como chegar: DESCER NA PASSARELA 7 DA AVENIDA BRASIL. REFERÊNCIA ESCOLA BAHIA, SEGUIR PELA RUA GUILHERME MAXWELL EM DIREÇÃO À CASA DE CULTURA E SUBIR A TERCEIRA ESQUERDA.

Trecho transcrito de “A hora da estrela”

“Mas se eu gritasse uma só vez que fosse, talvez nunca mais pudesse parar. Se eu gritasse ninguém poderia fazer mais nada por mim; enquanto, se eu nunca revelar a minha carência, ninguém se assustará comigo e me ajudarão sem saber; mas só enquanto eu não assustar ninguém por ter saído dos regulamentos. Mas se souberem, assustam-se, nós que guardamos o grito em segredo inviolável. Se eu der o grito de alarme de estar vivo, em mudez e dureza me arrastarão pois arrastam os que saem para fora do mundo possível, o ser excepcional é arrastado, o ser gritante.(…)Tudo se resumia ferozmente em nunca dar o primeiro grito – um primeiro grito desencadeia todos os outros, o primeiro grito ao nascer desencadeia uma vida. Se eu gritasse acordaria milhares de seres gritantes que começariam pelos telhados um coro de gritos e horror. Se eu gritasse desencadearia a existência – a existência de quê? A existência do mundo.”

Cardápio:
Sopa de Ervilha Vegetariana
Sopa de Letrinhas

agosto 13, 2009

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 2:07 pm

americalatinacooperativa_filme1_peq

julho 23, 2009

imaginando o que não se vê

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 12:06 am

imaginando_peq

julho 14, 2009

vamos lá no sobrado!

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 10:55 pm

brasil_de_fato

junho 22, 2009

Hello world!

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 5:15 pm

ola galera sobradense. esse então o blog do sobrado. quem quer postar algo, editar a página, mudar o desenho, etc.? email de contato e para receber a senha de acesso para poder postar e editar o blog: sobrado.mail@gmail.com. é isso! tem uma primeira foto, acesse ao lado.

junho 9, 2009

Caveirão a serviço do tráfico na Maré

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 8:22 pm
Tags:

Caveirão a serviço do tráfico na Maré

Fernando Torres e Marcos Nunes – Extra

RIO – A Secretaria de Segurança Pública está investigando a informação de que dez policiais militares do 22º BPM (Maré) teriam aberto caminho, com auxílio de um carro-blindado, para que Nei da Conceição Cruz, o Facão, e Márcio José Sabino, o Matemático, invadissem com um bando armado a Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré, em Bonsucesso, na Zona Norte do Rio.

A invasão

A invasão ocorreu entre a noite do dia 30 de maio e a madrugada do dia 31. A guerra entre traficantes oriundos da Baixa do Sapateiro e bandidos da Vila dos Pinheiros deixou um saldo sangrento de oitos mortos.

Entre as vítimas da guerra está um pedreiro, atingido por uma bala perdida. Oito pessoas ficaram feridas no confronto. Cinco escolas e três creches foram fechadas e ficaram pelo menos três dias sem funcionar.

De acordo com as informações recebidas pela Secretaria de Segurança, baseadas em um Disque-denúncia (2253-1177) e em relatos de moradores da Maré, os policiais militares teriam recebido dos traficantes cerca de R$ 130 mil para participar da invasão.

Em um e-mail recebido pelo Blog “Casos de Polícia”, uma testemunha também relatou que um blindado da corporação foi visto, na ocasião, fazendo escolta dos bandidos que estavam invadindo a Vila dos Pinheiros. As denúncias foram repassadas pela Secretaria de Segurança para a Corregedoria Geral Unificada (CGU) e para a Corregedoria da Polícia Militar.

Facilitação

As duas corregedorias vão apurar ainda um possível esquema de facilitação por parte dos policiais militares, que, no dia do confronto, entre traficantes, teriam ainda escoltado um caminhão com armas e quentinhas para o bando de Facão, que já havia invadido a favela.

Os traficantes Facão e Matemático cumpriram pena no sistema penitenciário até o mês de abril. A dupla ganhou direito de cumprir pena no regime semiaberto. Os dois deixaram o presídio para trabalhar e não retornaram à prisão.

O EXTRA procurou, ontem a assessoria da Polícia Militar para comentar o assunto. A corporação enviou uma nota à redação no fim da noite: “A PM não coaduna com desvios de conduta e cultua os altos valores da ética e da moral. A denúncia está sendo apurada pela PM”, encerra a nota.

Este texto foi reproduzido do site:

http://extra.globo.com/geral/casodepolicia/materias/2009/06/08/caveirao-servico-do-trafico-na-mare-756252552.asp

abril 21, 2009

Mais uma vítima da violência policial será homenageada hoje

Filed under: Uncategorized — sobradoinfo @ 3:14 pm
Tags:

Mais uma vítima da violência policial será homenageada hoje,

dia 20, em missa de 7º dia

Felipe dos Santos Correia de Lima, 17 anos, foi morto no dia 14 de abril, terça-feira passada, na Maré. Moradores do local também organizam uma manifestação em defesa da vida

Hoje, dia 20 de abril, às 18 horas, na Igreja Nossa Senhora dos Navegantes, na entrada da Maré, será realizada a missa de 7º dia de falecimento de Felipe dos Santos Correia. O jovem foi morto com um tiro na cabeça por policiais, na localidade da Baixa do Sapateiro, na Maré, na terça-feira passada.

A polícia alegou troca de tiros, mas os moradores do local que presenciaram o fato afirmam que houve uma execução. Segundo o relato deles, Felipe estava na porta de casa quando policiais desceram de um veículo tipo blazer, de cor branca, e atiraram. Felipe estava de costas conversando com amigos e quando caiu no chão a polícia impediu que as pessoas próximas o socorressem.

Familiares e amigos de Felipe e também outros moradores da Maré irão à missa hoje com camisetas estampadas com o rosto do jovem. A população está indignada com mais essa demonstração da violência a qual está submetida a população pobre do Rio.

Na semana passada, após o enterro, os moradores fizeram uma manifestação e foram violentamente dispersos pela polícia, a princípio com bombas de efeito moral, gás de pimenta e, posteriormente, com tiros.

Apesar da iminência de mais violência, os moradores insistem em não ficar calados diante da situação e organizam outra manifestação para terça-feira, dia 21. A concentração será às 10 horas, na rua 17 de fevereiro (rua do Bob’s).

A população da Maré, solicita que os veículos de imprensa estejam presentes tanto hoje, na missa, quanto na manifestação de amanhã. Eles acreditam que a presença da imprensa possa inibir situações de excesso por parte da polícia.

Missa de 7º dia:

Hoje, dia 20, às 18 horas, na Igreja Nossa Senhora dos Navegantes. Rua Luiz Ferreira, 217 (uma rua depois da escola Bahia, no início da Avenida Brasil).

Manifestação:

Amanhã, dia 21, concentração às 10 horas, na rua 17 de fevereiro (rua do Bob’s), na Maré.

Mais informações: Gizele Martins (9708-4304)

Renata Souza (9963-2081)

Próxima Página »

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.